Vamos fazer voluntariado?

As férias são, sem dúvida, a melhor altura para desenvolver projetos e integrar estruturas benfeitoras, contribuindo com um pouco do nosso tempo para o bem da comunidade e para a melhoria das condições de vida de quem mais precisa.

Nos dias de hoje, os jovens não podem ignorar as vantagens decorrentes do trabalho voluntário, apesar da inexistência de compensação monetária. Antes pelo contrário, o trabalho voluntário deve ser encarado de forma positiva, uma vez que, simultaneamente ajudamos quem mais precisa e contribuímos para o nosso desenvolvimento pessoal e social, solidificando a formação pessoal e profissional.

Com o mercado de trabalho a registar os elevados níveis de desemprego jovem que conhecemos, não há como desperdiçar tempo: as escolhas académicas querem-se hoje mais certeiras e especializadas; as entidades empregadoras não procuram extensos Curricula Vitae e pessoas capazes de fazer tudo um pouco (o chamado “desenrasca”); pelo contrário, há que aproveitar todas as oportunidades de acrescer elementos diferenciadores e que nos projetem enquanto Mulheres e Homens, o Futuro do nosso país.

Em termos práticos, o voluntariado constitui-se, entre outros: i) como uma primeira experiência numa determinada área profissional, essencial na escolha, sempre complicada, do futuro profissional a seguir; ii) como a possibilidade de experimentar diversas áreas profissionais, contribuindo para uma escolha mais sedimentada da área profissional a seguir; iii) enquanto forma produtiva de ocupação de algum do tempo de férias, ajudando à formação pessoal e profissional dos jovens, enriquecendo os Curricula vitae com elementos verdadeiramente diferenciadores e demonstrativos da capacidade de trabalho e do espirito de iniciativa, as tão badaladas soft skills.

Se, por um lado, no nosso Concelho existem diversas entidades disponíveis a receber apoio e jovens voluntários, por outro lado, ao inscrever-se no sítio do IPDJ, na secção referente ao voluntariado, os jovens têm acesso a um extenso leque de informação relevante para o efeito, bem como às ofertas existentes nesse momento.

Por tudo isto, reconhecidas as vantagens do Voluntariado, aliadas à existência de diversos cursos técnico-profissionais na cidade, será essencial que a Câmara Municipal de Tomar assuma uma postura ativa a este respeito. Não defendemos o trabalho gratuito, defendemos sim que todos temos a ganhar com a promoção do voluntariado, enquanto elemento catalisador de muitas outras vantagens.

Neste sentido, importa primeiramente explicar o conceito de voluntariado, sensibilizando os jovens Tomarenses para a sua importância enquanto exercício de cidadania, pois só dessa forma as posteriores ações promovidas terão o resultado devido.

A esse respeito, a JSD Tomar propõe um conjunto de medidas, capazes de projetar o voluntariado em Tomar para um patamar superior: i) Programa de Voluntários por 2 semanas, permitindo que os jovens integrem determinadas empresas e serviços (desde logo os serviços e departamentos municipais), conhecendo um pouco dessa área profissional – realidade

próxima dos Estágios de Verão, mas aqui com uma conotação menos académica e mais pedagógica; ii) Bolsa de ofertas/incentivos, atrativa para os jovens, que potencialize o interesse neste tipo de atividade; iii) Reunião de um conjunto de vantagens (descontos/ofertas) nos serviços municipais, piscinas, campos de jogos, cinema, entre outros, de forma a atrair um maior número de jovens para este projeto; iv) certificação dessa atuação.

Só com a satisfação das necessidades coletivas, num espírito de missão solidária, seremos melhores pessoas, colaborando na construção de uma sociedade mais justa e democratizada. Por tudo isto, não podemos ignorar as vantagens que decorrem destas oportunidades, quer enquanto elemento potenciador de competências pessoais e sociais, quer enquanto elemento diferenciador no mercado de trabalho.

A JSD Tomar, reconhecendo as vantagens destas oportunidades, considera a política do voluntariado uma das suas bandeiras de atuação e, por isso, estamos ao dispor para responder a todas as dúvidas e pedidos de informação através do nosso website jsdtomar.pt.

António Bonet Vieira

Vice-Presidente JSD Tomar