Universidade de Verão 2014

A Universidade de Verão 2014 que se realizou em Castelo de Vide, entre 1 e 7 de Setembro, organizada pela JSD, em colaboração com PSD, Instituto Sá Carneiro e PPE foi um verdadeiro sucesso. Tive a oportunidade de participar nesta edição e não tenho dúvidas que a Universidade de Verão é uma jornada de estudo e trabalho, em que todos os jovens deviam participar, membros da JSD/PSD ou não, uma vez que a participação é aberta a todos.

Com uma panóplia de oradores, desde Conselheiros de Estado, como a Dra. Leonor Beleza e o Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, a membros do Governo, como o caso do Ministro Poiares Maduro e do Ministro Moreira da Silva e também deputados no parlamento europeu como o Diretor da UV, Deputado Carlos Coelho e ainda o Deputado Paulo Rangel. E ainda um ex-comissário europeu pelo partido socialista, Dr. António Vitorino. E muitos mais convidados que abordaram um grande leque de temas como a “Energia e o clima”, “Uma economia sustentável”, “A natalidade”, “Os 40 anos de PSD”, “A tecnologia portuguesa”, “O Euro”.

A Universidade de Verão tem características muito próprias, regras que são cumpridas a risca, sem falhas e sem atrasos. O próprio Dr. Daniel Bessa estava fascinado com tal organização, confessando a Carlos Coelho que em tantos anos de ensino nunca tinha chegado a uma sala com todos os alunos sentados ao ponto da aula até ter começado mais cedo.

Um dia-tipo de trabalho consistia numa aulas às 10h, seguida de almoço as 13h, nova aulas às 14h30, trabalho de grupo às 17h30 e jantar-conferência às 20h. Todos os trabalhos tinham de ser entregues à hora certa e sem espaço para erro. Outra grande inovação consiste numa plataforma de “Intranet” onde podíamos colocar sugestões em tempo real, frases que tenhamos gostado, coisas que tenhamos achado curiosas e ainda o preenchimento do jornal interno a sair no dia seguinte.

Resta-me dar os parabéns a toda a organização deste grande evento, na pessoa do Deputado Carlos Coelho,  que recebeu muito bem todos os participantes.

Ricardo Carlos

Vice-Presidente JSD Tomar

Programa de apoio ao arrendamento jovem

O PSD apresentou em reunião de câmara uma proposta para a elaboração de um Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento de Habitação para Jovens no Centro da Cidade de Tomar. A JSD de Tomar congratula-se com a apresentação e aprovação desta proposta.

A fixação de jovens no nosso concelho é uma das principais preocupações da Juventude Social Democrata de Tomar. Nesse sentido, já tínhamos apresentado na Assembleia Municipal de 13 de junho a proposta “Mobilidade Jovem”, aprovada por unanimidade, que visa a criação de condições para que os jovens tomarenses que, por motivos profissionais e académicos tenham saído de Tomar, tenham agora mais e melhores oportunidades de regressar.

A JSD de Tomar congratula-se com a apresentação e aprovação desta proposta para a elaboração de um Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento de Habitação para Jovens no Centro da Cidade de Tomar

Congratulamo-nos por isso com esta proposta do PSD, uma vez que a habitação é fundamental para a atração e fixação de juventude, assim como um fator determinante no seu desenvolvimento.

Apelamos à Câmara Municipal para que leve a cabo as propostas apresentadas pela JSD e PSD e implemente programas de apoio à mobilidade e habitação jovem.

A JSD de Tomar demonstra desde já a sua disponibilidade para colaborar e dar o seu contributo na elaboração dos referidos programas.

Tiago Carrão

Presidente da JSD Tomar