JSD Talks – Fim dos Exames Nacionais: Sim ou Não?

No passado sábado, dia 7 de julho, realizou-se a segunda edição da JSD Talks, no Lodge Restaurante, dedicada ao tema “Fim dos Exames Nacionais: sim ou não?”, onde se discutiu o sistema de acesso ao ensino superior e quais as suas alternativas.

O debate contou com dois oradores, o Professor Doutor Catedrático José António Salcedo da Universidade do Porto, empresário e autor do Memorando “O que ensinar? Como ensinar?” subordinado ao tema Tecnologia e Pedagogia que foi apresentado à Comissão de Educação e Ciência da Assembleia da República no passado dia 23 de maio e a Professora Doutora Margarida Mano, Deputada pelo PSD à Assembleia da República, que integra a Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, ex-Vice-Reitora da Universidade de Coimbra. A moderação coube a Luís Rebelo, ex-Presidente da Federação Académica do Porto.

Com uma assistência de perto da meia centena de pessoas, o resultado foi um debate bastante participado e que se espera profícuo. Por um lado, a Professora Doutora Margarida Mano defendeu a manutenção de exames nacionais nos moldes atuais, por constituírem um modelo de concurso imparcial e transparente, aberto a todos. Informou ainda a plateia quais os princípios que o grupo parlamentar do PSD se tem regido para este tema do ensino superior, encarando com seriedade o compromisso com os compromissos EU 2030 que espera aumentar de 35% para 50% o número de diplomados (sabendo-se que Portugal ainda se encontra abaixo da média da OCDE relativamente à população com formação superior entre os 25 e 64 anos), e encarando com grande motivação a regulamentação (avaliação e qualidade) do Ensino Profissional e o seu acesso ao Ensino Superior.
Por outro lado, o Professor Doutor José António Salcedo propugnou pela adoção de um sistema próximo do anglo-saxónico, em que os exames nacionais serviriam apenas como meio de aprovação/reprovação na conclusão do ensino secundário, deixando o controlo do ingresso ao ensino superior para as Universidades. Para o empresário o atual sistema português é demasiado rígido e centralizado (pelo Ministerio da Educação), sendo, para este, preferível transferir grande parte das responsabilidades para as instituições de ensino, o que acarretaria uma maior qualificação e remuneração do sector da Educação. Deixou, ainda, a mensagem que “O sistema de Educação deve formar pessoas intelectualmente autónomas que saibam pensar e criar valor. Isso obriga a desenvolver capacidade de pensamento crítico e atitudes orientadas à resolução de problemas. O processo mais eficaz para o assegurar é garantir aprendizagem através de projectos de crescente complexidade e envolvendo pequenos grupos de alunos, e não através de aulas e disciplinas convencionais.”.

Por fim, ambos os oradores discutiram e enalteceram várias medidas em prol da descentralização do ensino superior. A participação do público trouxe à discussão a carreira docente, o limite de mandatos dos Diretores das Escolas Públicas e a importância das soft skills no sistema de educação.

Esta foi a segunda edição da JSD Talks, organizada pela JSD Tomar, iniciativa que visa trazer temas determinantes para a vida em sociedade, num ambiente jovem, mas aberto a todas as idades e “cores políticas”.

 

Consulta aqui as fotografias do evento.

 

 

JSD Tomar Celebra Dia da Criança

No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Criança, a Juventude Social-Democrata (JSD) de Tomar realizou uma iniciativa simbólica, no dia 4 de Junho, na Escola Básica (EB) 1 de Carregueiros envolvendo a participação das crianças num momento lúdico e recreativo onde a cor e a pintura foram o destaque de uma manhã diferente.
Para além desta iniciativa houve ainda a visita guiada da Presidente de Junta de Freguesia, Maria José Serra (PSD), que apresentou o espaço inaugurado em 2017, sonho da comunidade escolar local e da sua Junta, a sala do OTL e refeições que serve cerca de 40 crianças. Um sonho que veio proporcionar melhores condições aos alunos e trabalhadores desta escola, que sob o apoio da Junta da Freguesia foi concretizado.
A JSD Tomar pretende assinalar o dia como momento de reflexão sobre as políticas para a Infância, para a Natalidade e para a fixação de famílias nas freguesias rurais do nosso concelho.

Não podemos continuar a ignorar os problemas do desequilíbrio da balança da Natalidade do nosso concelho nem do nosso país. O Partido Social Democrata tem-se mostrado como alternativa credível nesta matéria, tanto que recentemente foram publicadas as 6 Medidas de Política para a Infância (emanadas pelo Conselho Estratégico Nacional do PSD) como:

  1. Pagamento de um indexante dos apoios sociais (428,90€ em 2018) a todas as grávidas no 7º mês de gravidez;
  2. Alargamento da Licença de Maternidade/Paternidade paga até às 26 semanas (atualmente é de 20 semanas);
  3. Extensão da duração das licenças até 1 ano;
  4. Atribuição de um subsídio fixo por criança (com valores progressivamente menores até aos 18 anos, em substituição do abono de família)
  5. Gratuitidade sem obrigatoriedade de frequência dos estabelecimentos de infância (0-6anos) das redes pública e solidária;
  6. Criação de uma linha acesso aos fundos estruturais (quando as empresas se proponham a investir na abertura de uma Creche/Jardim de Infância que funcione junto a uma zona empresarial)

Sendo assim, urge um novo olhar crítico e exigente sobre as estruturas que nos governam para que se melhore este paradigma, analisando as condições do ensino pré-escolar em vigor no concelho, apoios à fixação de jovens casais, bem como as medidas de incentivo à natalidade que no momento atual são complemente inexistentes, apesar das propostas apresentadas pelos eleitos do PSD na Assembleia de Freguesia Urbana que não tiveram seguimento pelo executivo PS da Junta.

Desta forma, a JSD Tomar defende que um concelho próximo e cuidadoso com as suas famílias reflete-se nas condições que as suas escolas apresentam e que influenciam o sucesso escolar.

Aproveitamos para deixar os nossos agradecimentos aos professores, auxiliares e Junta de Freguesia de Carregueiros que tão bem nos recebeu. A Escola é onde tudo começa. É a nossa segunda casa durante imensos anos, é aqui que gostamos de sentir o conforto, a segurança, a amizade e o estímulo para crescer! Obrigada por cuidarem dela.

 

Consulta aqui algumas das fotos desta manhã:

Marcelo Rebelo Sousa nas II Jornadas da Juventude da JSD Tomar

Após o sucesso da primeira edição das Jornadas da Juventude, a JSD de Tomar congratula-se em anunciar a realização da segunda edição, mantendo o critério de excelência e a diversidade temática das intervenções a efetuar pelos oradores convidados.

Assim, estão já confirmadas as presenças de ilustres personalidades das mais distintas áreas de atividade, de âmbito nacional. Teremos connosco o prestigiado Prof. Marcelo Rebelo Sousa, o deputado Duarte Marques e Sílvia Costa, gestora de marca da PALADIN, que irão abordar temas centrados no futuro dos jovens e do nosso país.

À semelhança do ano anterior, esta iniciativa irá decorrer no Instituto Politécnico de Tomar, mais propriamente no Auditório 0106 (Dr. Júlio das Neves).

As entradas são livres e abertas ao público, e por isso estão todos convidados a assistirem e a participarem nesta sessão.

Com a realização de mais um evento desta importância, a JSD de Tomar assume-se, cada vez mais, como uma referência enquanto juventude ativa, dinâmica e participativa, tanto a nível local como regional, mostrando estar atenta às necessidades, preocupações e desafios dos cidadãos em geral, e particularmente dos jovens.

JSD congratula-se com o sucesso do Instituto Politécnico de Tomar

O Instituto Politécnico de Tomar tem sido recentemente notícia pelas melhores razões, demonstrando a sua qualidade e capacidade de promover o ensino superior na região. Congratulamo-nos por isso com o êxito do IPT, pilar fundamental da nossa comunidade.

No passado dia 19 de setembro o projeto Wheelchair – HMU, uma interface homem-máquina flexível que facilita a condução de cadeiras de rodas, alcançou o primeiro lugar na 11ª Edição do Concurso Nacional do Poliempreende, competição de referência a nível do empreendedorismo académico em Portugal.

Tudo isto se deve ao esforço e empenho de toda a equipa do IPT

Quatro dias mais tarde, a IBM optou por realizar no IPT a cerimónia de entrega do Prémio Científico IBM 2013, que distingue anualmente o contributo de trabalhos de investigação na área das ciências da computação e tecnologias de informação. A cerimónia contou com a presença do Ministro da Educação, Nuno Crato e o Presidente da IBM Portugal, António Raposo. Esta escolha é reveladora da confiança que a IBM tem na sua aposta no CENIT em Tomar e na sua parceria com o IPT.

Tudo isto se deve ao esforço e empenho de toda a equipa do IPT – direção, corpo docente e não docente e alunos -, liderada por Eugénio de Almeida.. Prova disso é a sua re-eleição, por unanimidade, para mais um mandato à frente da instituição.

Já este ano a JSD Tomar, em conjunto com a JSD Regional de Santarém, teve oportunidade de reunir com o Presidente Eugénio de Almeida, que demonstrou a capacidade e estratégia para dirigir o IPT enquanto Instituto Politécnico de excelência, preparado para os desafios futuros.

Tiago Carrão

Presidente JSD Tomar