JSD Talks – Canábis, Legalização: Sim ou Não?

JSD Tomar realizou no passado dia 17 de Março no Café Paraíso a primeira edição do JSD Talks, um evento informal e descontraído que pretende trazer ao debate público os mais variados temas. Com este projecto a JSD Tomar quer tirar o elefante da sala.

JSD Talks

Impulsionada pela discussão que decorre na Comissão de Saúde da Assembleia da República, a JSD Tomar dedicou esta edição do JSD Talks ao tema “Canábis, Legalização: Sim ou Não?”. A fim de desenvolver um debate construtivo, factual e sem demagogias convidámos a Cannativa – Associação de Estudos Sobre a Canábis, que se fez representar pelo Professor Luís Figueiredo, e o Deputado Ricardo Baptista Leite e ex-deputado André Brandão de Almeida, ambos médicos dentistas e subscritores da moção “Legalize” apresentada no XXVIIº Congresso Nacional do PSD, que por razões profissionais não puderam participar neste evento.

A Presidente da JSD Tomar, Catarina Ferreira, dá as boas-vindas ao público e convidado

JSD Tomar deu o tiro de partida ao evento com uma curta introdução ao tema, a que se seguiu a entrevista do nosso convidado. De acordo com o Professor Luís Figueiredo a literatura apresenta evidências sustentadas que apontam a canábis como uma importante medida terapêutica para pacientes de certas doenças. O convidado indicou ainda que a utilização desta substância remonta à Antiguidade e que em breve não existirão razões para que esta planta permaneça com o actual estatuto legal. Não obstante dos benefícios claros que a planta evidencia possuir, existem também malefícios pelo que o seu consumo deve ser sempre moderado. No entender do Professor Luís Figueiredo prolongar o debate sobre a legalização ou não desta planta é apenas uma perda de tempo. Foram ainda abordados o importante papel que esta planta pode ter na indústria nacional dadas as condições climatéricas perfeitas para o seu cultivo, a questão do auto-cultivo que a Cannativa entende que deve ser legal como combate ao tráfico, e o país com a possível legislação modelo para Portugal, que o Professor indicou ser o Uruguai.

Filipe Gomes, vogal da JSD Tomar, faz uma introdução ao tema e introduz o Professor Luís Figueiredo ao público

Finalizada a entrevista, a JSD Tomar apresentou os Projectos de Lei apresentados pelo BE e PAN com vista à liberalização da canábis para fins terapêuticos. No entender da JSD Tomar, ambos os Projectos de Lei carecem de maior fundamento já que remetem muitas das questões para regulamentação posterior, e chegam mesmo a ser bastante vagas na sua especificidade.

Carolina Marques, vogal da JSD Tomar, apresenta os Projectos de Lei de BE e PAN

Como não houve possibilidade do Deputado Ricardo Baptista Leite e do ex-deputado André Brandão de Almeida comparecerem nesta edição da JSD Talks, coube a Catarina Ferreira, Presidente da JSD Tomar, apresentar a moção por eles subscrita e apresentada no XXVIIº Congresso Nacional do PSD. Ambos médicos dentistas, os dois principais subscritores da moção “Legalize” – Estratégia para a Legalização Responsável do Uso de Cannabis em Portugal, entendem que o PSD deve de abrir o debate a esta temática. No entender do Deputado Ricardo Baptista Leite a forma com que os portugueses olham esta droga não justifica que a mesma mantenha o estatuto legal que hoje possui. Como tal, apresenta na moção factos científicos e propostas legais para uma legalização responsável da canábis.

No entender do convidado da JSD Tomar, a moção apresentada no Congresso Nacional do PSD é a mais completa das propostas e refere que a mesma apresenta alguns pontos que devem ser tidos em conta na discussão na Comissão de Saúde da AR.

O público presente no Café Paraíso escuta a exposição do Professor Luís Figueiredo sobre a legalização da Canábis

No final desta tertúlia coube ao público apresentar algumas questões ao convidado. De salientar que nas intervenções do público ficou expressa a importância de que a legislação tenha fundamento no que toca a limites no consumo assim como as idades a partir das quais é permitido consumir.

Durante a JSD Talk, foi pedido ao público que realizasse um mini-referendo à seguinte questão: A Canábis deve ser legal em Portugal? Ao que 49% do público respondeu que deve ser legal para fins terapêuticos e recreativos, 41% entende que deve ser legal para fins terapêuticos, 5% entendeu que o consumo de canábis em Portugal não deve ser legal e os restantes 5% não responderam.

A JSD Tomar expressa o seu sincero agradecimento ao Professor Luís Figueiredo e Cannativa pela sua participação no evento, ao Café Paraíso e em particular à Xana por ceder o espaço para que este evento fosse possível, ao Deputado Ricardo Baptista Leite e ao ex-deputado André Brandão de Almeida pelo apoio dado durante a pesquisa, e claro ao público que compareceu neste evento.

A JSD Tomar espera poder contar com a tua presença no próximo JSD Talks!

 

Para mais informações:

Marcelo Rebelo Sousa nas II Jornadas da Juventude da JSD Tomar

Após o sucesso da primeira edição das Jornadas da Juventude, a JSD de Tomar congratula-se em anunciar a realização da segunda edição, mantendo o critério de excelência e a diversidade temática das intervenções a efetuar pelos oradores convidados.

Assim, estão já confirmadas as presenças de ilustres personalidades das mais distintas áreas de atividade, de âmbito nacional. Teremos connosco o prestigiado Prof. Marcelo Rebelo Sousa, o deputado Duarte Marques e Sílvia Costa, gestora de marca da PALADIN, que irão abordar temas centrados no futuro dos jovens e do nosso país.

À semelhança do ano anterior, esta iniciativa irá decorrer no Instituto Politécnico de Tomar, mais propriamente no Auditório 0106 (Dr. Júlio das Neves).

As entradas são livres e abertas ao público, e por isso estão todos convidados a assistirem e a participarem nesta sessão.

Com a realização de mais um evento desta importância, a JSD de Tomar assume-se, cada vez mais, como uma referência enquanto juventude ativa, dinâmica e participativa, tanto a nível local como regional, mostrando estar atenta às necessidades, preocupações e desafios dos cidadãos em geral, e particularmente dos jovens.

JSD Tomar organiza “Torneio de Futsal Solidário”

A JSD Tomar vai organizar no próximo dia 20 de Dezembro um “Torneio de Futsal Solidário”, no Pavilhão Municipal de Tomar.

Cada equipa poderá inscrever 5 a 8 jogadores e as inscrições são feitas através da entrega de 1kg (mínimo) de bens alimentares por jogador.

Os bens recolhidos serão depois entregues no Centro de Apoio à Família de Tomar, uma organização que apoia centenas de famílias no nosso concelho, e merecedora de todo o nosso apoio.

Inscrições através do 913 720 769, jsdtomar@hotmail.com ou no nosso site www.jsdtomar.pt.

Vem jogar e ajudar, contamos com a tua equipa!

Falar Claro – Comunicação em Público

A JSD de Tomar promove no próximo dia 1 de novembro o workshop “Falar Claro – Comunicação em Público”, com Nuno Matias, deputado da Assembleia da República.

Esta ação tem como objetivo principal a consciencialização da arte de falar em público, desenvolvendo a capacidade de fazer apresentações, conferências ou discursos.

Nuno Matias, com formação na área da Economia, é o nosso convidado. Diretor adjunto da Universidade de Verão da JSD, é um orador experiente e um dos responsáveis pela formação “Falar Claro” da UV.

A formação é aberta ao público e a entrada é livre. Dia 1 de novembro pelas 17h00 na Estalagem de Santa Iria, contamos contigo!

Dia da Criança

A JSD Tomar assinalou o dia da criança com a realização de uma atividade em colaboração com o jardim de infância Raúl Lopes.

A iniciativa consistiu num momento recreativo envolvendo as crianças da creche, com pinturas e muita diversão.

A JSD Tomar considera que, as crianças enquanto garante do futuro devem ser alvo de atenção redobrada nas políticas de ação social e educativa.

Apelamos por isso aos agentes políticos, em particular locais, para que contemplem na sua ação medidas promotoras não só do desenvolvimento infantil, mas também da natalidade, um assunto cada vez mais na ordem do dia.

Tiago Carrão